sexta-feira, 5 de maio de 2017

Casos ainda não solucionados - Preparativos para o casório. - T04 - 11

 Nelly: Tá tudo ficando tão lindo, amor! - Dizia encantada enquanto apontava para o arco onde iriam casar.
Marlon: Mesmo em pouco tempo, conseguimos deixar lindo! - Também dizia impressionado de como arrumaram o local.

 Então, Nelly segurou a mão de Marlon e deu uma corridinha com o mesmo até o arco, e lá fez suas gracinhas.
Nelly: Nem acredito que daqui duas semanas estaremos casados! Estaremos aqui! - E ficava se equilibrando em um pé.
Marlon dava risada com as graças que sua noiva fazia e dizia: Vamos, não vejo a hora de você se tornar uma Figueira.
Ao fundo, Flora conversava com Marlene, ela tinha vindo ajudar na decoração.

 Marlon: Vem cá, minha futura esposa... - E dava um beijo em sua mão.
Nelly ficava toda boba com o beijo e apenas soltava uma risadinha, já ao fundo, ao ouvirem a conversa dos dois, elas viraram e fizeram uma pequena comemoração por causa do beijo, brincando.

Música de cena: 50 ways to leave your love - Paul Simon


 Mais ao fundo, nos bancos, estavam Mariana e Mário namorando. Mário veio para ajudar o irmão, mas parece que veio para ajudar a encontrar os lábios de Mariana!!
Mariana: Que bom que eu vim "ajudar"! Agora te conheci! Você é o gêmeo mais lindo que já vi! - O xavecava.
E ele, retribuía, claro: Não sabia que era possível existir uma prima gata assim, hein!

 Mariana: Mas vou me acabar de dançar contigo na festa, viu?
Mário: Fechado, gata. Só eu e você na pista, e onde você quiser!
Mariana: Aí Mário, não começa que agora não é hora!!
Eles falavam um pouco baixo, para as crianças não ouvirem, mas esqueceram de esconder o que faziam.

 Thomas, percebendo aquilo, gritou para a sua avó, só para ela "ferrar os dois."
Thomas: Ô VÓÓÓÓ! Vem cá! A Urano quer ver a Josie! - Berrava.
Dalila: Aí, para que você tá chamando sua vó?! É conversa de criança!
Urano: Vish! Dalila acordou azeda hoje! - Provocou.
Patrick: Essas crianças de hoje em dia. Bip.

 Ao passar, ela via os dois se ajeitando rapidinho, para ficarem apenas sentados, e como uma boa mãe, notou a "mal-criação" do filho.
Marlene: Mário, Mário! Juízo nessa cabeça! - E ia ajeitando Mabel J. de jeito que ela provavelmente não visse como ambos estavam.
Mário: Aí mãe! Quem sabe eu não me amarro! - Brincou com ela. - Ela até começa com "M", oras! Vou ser tipo o pai e você!
Mariana: Vira essa boca para lá, Mário, casar não é comigo! - Não tinha percebido a brincadeira com Marlene.
Marlene: Eu e seu pai não éramos pura safadeza igual você é não, hein! Tô de olho! Não me obriga a tirar o chinelo e dar na sua cara! - Falou brava.

 Mário: Dois tapas de uma vez só! - Se referiu ao que Mariana tinha dito e ao que sua mãe tinha acabado de dizer. - Tudo bem, a gente só ajunta, Mari! - Continuou provocando sua mãe.
Marlene: Vamos, separem essa pouca vergonha aí, tem crianças aqui, seus sem educação! - Resmungou.
Mariana: Claro dona Má! Já estamos separando rapidinho!
Marlene: Se eu voltar e vocês estiverem do mesmo jeito, arranco esse seu topete, Mário!

Ao virar, Mário deu um beijão em Mariana, e assim, se sentaram de forma comportada.
Thomas, no momento em que se beijaram: Ô VÓ, A BAIXARIA CONTINUA! - Gritou, provocando Mário.

 Nelly: Não vamos desanimar não! Só falta a área de dança e de comilança!!! - Falou empolgada.
Marlon: Chuva nenhuma me desanima, quero casar logo com minha mulher! - Disse ansioso.
Flora: Pessoal, sei um jeito ótimo de arrumarmos esse canto!

Em coro: VAMOS COMEÇAR!

E assim, tudo estava pronto para daqui duas semanas! Adiantaram o quanto antes, tinham um pouco de medo de surgir algum imprevisto e não terem tempo de arrumar o local do casamento.

Aproveitando, Flora ligou o rádio e lá dançou com as crianças que eram cheias de energia, Mário, Mariana e Patrick também participavam, já Marlon e Nelly ficaram um pouco distante, se curtindo um pouco.

Os dois encostavam suas testas e se olhavam nos olhos, e apenas sussurravam.
Nelly: Nem acredito que daqui duas semanas vou me casar com você...
Marlon: Nem eu.. Tanto tempo juntos e agora, casados...
Nelly: Eu te amo, senhor Figueira. - Suas palavras pareciam que saiam do fundo do seu coração, enquanto não parava de olhar nos olhos de Marlon.
Marlon: Eu te amo, senhorita Figueira. - E com ele, não era diferente.


 E lá eles ficaram aproveitando a música até Joana e Marte virem, para buscar Mariana, Dalila e Urano, de carro.
 No outro dia. 
Nelly e Marlene foram na casa de dona Marta² para buscar o vestido. Fizeram uma pequena viagem até chegarem lá.

 Nota2: Marta e Carol são as sims da minha amiga linda Andrea, da série Vermelho & Verde, obrigada por me empresta-la para a história, sua linda! :D <3

Marlene aproveitou a visita para colocar o papo em dia com Marta!

Já Nelly, conversou sobre seus filhos, com o maior orgulho! E principalmente sobre Thomas e o quanto ele havia crescido!

Até que, finalmente foram falar sobre o vestido. Dona Marta tinha pedido para Nelly vesti-lo e ver o que dava para fazer. 
Nelly: Então, Dona Marta, este vestido era de minha mãe e quero casar com ele. Se quiser, posso deixar aqui e volto depois.
 Marlene: Sim, depois a gente volta e pega. A gente não mora tão longe. 
Marta: Não será necessário ir r voltar por causa da roupa. Eu já sei o que farei e será rápido. Seu vestido parecerá novo e a memória de sua mãe permanecerá intacta. 
Poucas horas depois.

Nelly: Ficou lindo! Dona Marta, a senhora tem o dom da costura! – Nelly estava maravilhada com o vestido reformado. 
Marlene: Concordo muito! Ficou lindo este vestido em ti, Nelly. Parabéns pelo trabalho, querida amiga. – Marlene parabenizou Marta. 
Marta:  Não foi nada difícil. A sua mãe tinha bom gosto para roupas e tecidos, Nelly. E a modelo ajuda, já que é magrinha. – Marta achava bonito mulher ter curvas, mas na hora de costurar, sabia que o trabalho era redobrado para não errar no caimento. 
Carol: Está mesmo muito bonita e elegante, mas acho que você e Marlon deveriam começar com tudo novo. Tenho certeza que sua mãe não ficaria triste se trocasse de vestido. E este está tão elegante! Não faltará ocasião para usá-lo. Minha sogra tem um vestido de casamento lindo aqui. Aquele vestido já tem dona, Dona Marta? – Carol sabia do desafortunado casamento anterior de Nelly e não queria para a amiga nada que a lembrasse disso. 
Marta: A mulher não pagou nem o pano! Confisquei. Nem entreguei sequer. E acho que dá em Nelly, inclusive. – Marta comentou e foi pegar o vestido.

Quando Nelly experimentou a nova roupa, ela ficou surpresa com o caimento e a beleza do vestido.

Nelly: Realmente, Carol, esse combina mais para se casar! Muitíssimo obrigada pela sugestão!  E obrigada, Dona Marta, por fazer este vestido. – Dizia encantada consigo mesma, se vendo no espelho.

Marlene: UAU. Ficou linda! Marlon não tirará os olhos de você.– Marlene declarou pois sempre imaginou que Nelly era o melhor que podia acontecer para o filho
Carol: Parece uma princesa. Todas a invejarão! – Carol disse ao contemplar o vestido.

Nelly: Dona Marta, muito obrigada por todo o cuidado e carinho! Você é demais e vai continuar indo longe com as suas costuras! – Nelly, emocionada, deu um abraço carinhoso em Marta. 
Marta:  Que é isso, menina. Senão, daqui a pouco você chora e mancha o vestido. Você tem sempre que estar linda. Não esqueça disso. Mas obrigada pelo elogio à minha costura. – Marta tinha muito orgulho de seu trabalho, mas buscava não demonstrar.

Nelly: E quanto é tudo, Dona Marta?

Marta: O vestido verde é meu presente de casamento para você. Combina muito contigo agora. E o valor do branco, eu acerto com Marlene. Pode ficar tranquila.

E ao fundo, Marlene foi conversar com Carol. 

Marlene: Você é muito encantadora, viu? Linda de verdade! – A elogiava com muita sinceridade. – Parece até uma bonequinha!

Carol: Obrigada.

Carol estava sem jeito de agradecer. O marido sempre a elogiava também, mas ele era suspeito.

Marlene: E a amizade de você e minha nora é muito bonita. Obrigada por tudo! – Marlene disse sorrindo. 

Carol: O que é isso. Eu não fiz nada, foi Dona Marta que fez as costuras. E eu gosto muito de Nelly. Ela é uma amiga para todas os momentos. Ela merece o melhor de todos.



Enquanto Nelly trocava de roupa e Carol passava um café novo para todas e preparava um lanche, já que Marlene e Nelly ainda viajariam naquele dia, Marlene foi indagar o preço da costura à Marta. 

Marlene: Quanto ficou tudo? O vestido de casamento é lindo e o outro ficou uma maravilha! Deve ser os olhos da cara.

Marta: E você acha que vou cobrar o vestido verde? É meu presente de casamento para Nelly. E quanto ao vestido branco, já acertei com ela também. Não se preocupe com o valor.

Marlene: Mas eu faço questão de pagar.

Marta: É só não demorar de voltar que já estará pago – Marta gostava muito da amiga e gostou de revê-la. Achou a ideia do conserto um ótimo pretexto para isso.

Depois do lanche, o táxi chegou para levá-las até a rodoviária e de lá, partirem direto para Riverside e continuar com os preparativos para o casamento. 



Duas semanas depois.
Nelly tinha convidado Elenor¹ e sua filhinha para posarem em sua casa, afinal, o seu casamento seria daqui um dia e nada melhor do que ter em casa a companhia de sua querida amiga.

 Nelly: El! Tava morrendo de saudades de ti e da pequena Leena! Como vão as coisas?! – A abraçava.
Elenor: Tudo indo muito bem, minha amiga linda! E você está radiante!!! E a Mabel muuuuuuuito linda! E eu estou tão ansiosa para o seu casamento! – Ela falou enquanto retribuía o abraço de Nelly, feliz por revê-la novamente. – Mas me diz: está tudo bem por aqui? – Perguntou com um sorriso no rosto.
Nelly: Aqui tá tudo ótimo! Finalmente solucionamos mais um caso. Linda está sua Leena, que garota fofinha! – Disse encantada com a filha de sua amiga. 



Nota¹: Elenor é a personagem da série Axl Logan, da minha amiga lindona Sally <3 Obrigadissímoooooooooo por ter revisado as falas de Elenor e ter deixado ainda mais a cara da personagem, beijão :) <3 

 



Nelly: Que lindinhas, já estão brincando juntas! – E observava as duas brincando na casinha de bonecas.
Elenor: Verdade! Aposto que elas serão grandes amigas como nós!
Nelly: Espero que sim! Mas me diz El, por que você não trouxe o bonitão do Liam?!
Elenor: Sendo sincera? Porque eu não ficaria à vontade aqui com um cara, à tiracolo, que mal conheço, Nell. E meu trabalho não tem facilitado minha aproximação com ele... Ossos do ofício. Você sabe como é. – Ela sorriu.
Nelly: Bobagem! Ia amar ver o casalzinho aqui, sabe! – Brincou.  – Mas olha, quero sua filha lindinha como minha daminha, serei cheia das daminhas!!
Elenor: Mas isso é o que eu chamo de convite irrecusável!!! – Ela se empolgou. – Mas é claro que minha bebêinha será sua daminha!!! Vai ser muito lindo vê-la entrando com você!!! Será uma honra!!! – Disse, cheia de alegria.
E assim a conversa seguiu, até anoitecer. 


 Mais tarde, no mesmo dia.
Elenor ficou de cuidar das crianças e auxilia-las para entrar com Nelly, enquanto Nelly e Marlon se arrumavam para o casório.


8 comentários:

  1. "Não me obriga a tirar o chinelo e dar na sua cara!"
    "Ô VÓ, A BAIXARIA CONTINUA! "
    Da-lhe tamanco!!!

    E obrigada pela participação de Carol!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HUAHAUHAUHAHAHHA Tem que ter muito tamanco para ajeitar o Mário :P
      Obrigada vc, por ter me emprestado ela para esse crossover <3

      Excluir
  2. Oi, Deniiiii!!! \o/ Olha eu aqui! xD :D

    1. Ri muito com a palhaçada de Nelly no arco de casamento! Rs... Ela é muito divertida! \o/

    2. Ooowntiiiiiii! \o/ Achei tão bonitinhos Mário e Mariana! \o/ S2

    3. Patrick dizendo: “Ai, essas crianças de hj em dia!”. Ri muito! xD

    4. “Não me obriga a tirar o chinelo e dar na sua cara! - Falou brava.”.
    Véiiiiiiiiiii, tive uma crise de riso com essa frase de D. Marlene. Kkkkkkkkkkkkkkk... E que perturbado que é o Thomas! Kkkkkkkkkkkkk...

    5. Que bonitinho o romantismo do casal Nelly e Marlon!!! \o/ Super cute esses dois! S2

    6. Ameiiiiiiiiiiii o crossover com Vermelho e Verde!!! E claro que suuuuper ameiiiiiiiiiii o crossover com minha história também!!! \o/ S2 Aquela foto de Leena e Mabel se abraçando, nooooossaaaaaaaaa!!! É cute demais, demais, demais!!! Ameiiiiiiiiiii!!! \o/

    Arrasou nesse capítulo! Tudo super preparado, arrumado, planejado!
    Amei demais!!! Arrasou, Deni!!! :D S2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sally! ❤
      1. Nelly é um amor <3
      2. Ficaram fofinhos juntos, mesmo UAHAUAHAUHAUAHAUA :P
      3. Uahauhauahauahau Patrick não perde uma pra fazer a galera rir :D
      4. D. Marlene não tem paciência com esse tipo de coisa não! Auahuahauahaua xD
      5. São meu casal preferido, amo fazer essas cenas dos dois <3
      6. Eu amoooo crossovers e a participação dos seus personagens e os de Andrea :D Aquela foto ficou um amor, eu amo ela <3
      Muuuuiiiitoooo obrigada ❤ *-* Fico muito feliz que amou <3

      Excluir
  3. Atrasada, como sempre, mas finalmente consegui ler!!!
    Gostei do "Marlene: Vamos, separem essa pouca vergonha aí, tem crianças aqui, seus sem educação! - Resmungou." - huahaiahauaha
    Que linda a Nelly de noiva! Linda mesmo!!!
    Bem família e amorzinho esse capítulo, adorei.
    Feliz em ver a Nelly se realizando, depois de tanta luta e sofrimento com o ex e com o pós parto.
    Adoro esses crossovers. *.*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marlene não aguenta mal-criação não!! Uahauaha :D
      Nelly está toda realizada, tanto profissionalmente qnto na vida pessoal! :) ❤
      No capítulo do casamento será cheio de crossovers :P
      Muito obrigada pelo comentário e por ter lido, Fazinha! ❤❤ :D

      Excluir