segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Casos ainda não solucionados - 05 - Ainda mais perto da cena do crime.

 Nelly, dizia com uma voz meia eufórica: Senhor Caixão, acho que descobri aonde sua esposa está!
Vladmir e Marlon, em coro: O quê?!
Nelly: Isso, senhor. Só preciso de alguém que saiba localizar.
Vladmir: Meu filho sabe, vamos no quarto dele.




Música de cena: Jailhouse rock - Elvis Presley



 No quarto de Alexandre. 
Nelly: Poderia achar pra nós a localização deste lugar? - E mostrou uma foto, que tentou tirar pelo telescópio.
Alexandre: Claro, detetive, me dê um segundo.
Marlon: Cada vez isso fica mais doido.
Patrick: Uau, outra máquina, bop.
 Alexandre começou sua busca, escaneando a foto, e buscando pelas redes, pra ver se tinha alguma informação sobre ela.
 Alexandre: Acho que é essa!
Nelly: Parece muito com o que eu ví!

 Alexandre: Só tem um problema, ela muda de lugar¹, em cada 1 dia, parece que tem alguma magia alienigéna nela, na qual eles controlam, pra ninguém nunca acha-los.
Nelly: estranho.
Marlon: Que tal a gente tentar ir hoje? - Sugeriu.
Patrick: Parece uma boa.
Vladmir: Então se apressem, pois minha esposa está lá!!! - Disse de uma forma ansiosa.
¹: Referência à uma cena de The Wolf Among us. (Só não vou especificar muito, se não seria spoiler.)

 Nelly: E lá vamos nós.

 Na localização que conseguiram.


 Nelly: Caramba! Chegamos tarde demais! - Dizia desapontada. 
Patrick não prestava atenção, pois fazia uma "memória fotográfica do local." 
Marlon: Nelly, olha, podemos voltar aqui amanhã, quem sabe não achamos mais alguma coisa? 

Começava à chover, e Patrick pegava um guarda-chuva, para não queimar.
Marlon: Olha, eu tenho certeza que aqueles aliens nojentos, vão aparecer aqui.
Patrick: É. Bip. Não custa tentar. Bop. Já fiz a leitura do local.
Nelly: Pode, ser. Só temos que vir preparados.
Patrick: Claro, né.

Então, os três iam embora, afinal, estava chovendo e muito escuro.

 No dia seguinte. 
Patrick: Objeto estranho na área. Bip. Não estava aqui antes! Bip.
Nelly olhava a sua volta, e percebia também.
Marlon: É verdade, acabei de ver.
E os três se preparavam para correr atrás.
 Num momento de fuga, a alienígena saiu correndo, e os três foram atrás dela. Patrick conseguiu alcança-la, fazendo assim, a mesma se render. 
Nelly: Agora você vai ver, sua  "roubadora" de Laura.
Et: M-Mas eu não fiz nada!
Maron: Se nada é matar uma Laura, então quero saber o que é alguma coisa!
Patrick: Vamos, vamos! Bop.

Na casa de  Vladmir à colocou em uma cadeira de choque, para indentificar as mentiras que ela poderia contar.
Nelly: Torne tudo isso mais fácil, e pare de mentir! - Tentava subordinar.
Et: Em honra à meu povo, eu..- E tomava outro choque.
 Vladmir já estava possesso, e suas perguntas estavam cada vez mais agressivas.
Vladmir: O que você estava fazendo naquele terreno vazio, sua... Sua.. Grr!
Et: Bom..- Suspirou- Eu perdi meu teleporte, e eu fui lá buscar.
Nelly: Finalmente falou a verdade! - Dizia ironicamente.
Marlon: Continue assim que a gente te poupa de levar mais choque.
Patrick se mantinha em silencio, gravando em sua memória, toda a conversa, para mandar à poícia, futuramente.
 Vladmir: Você perde seu teleportezinho ruim, mas minha esposa nãoo!! O que vocês querem com ela!?
Et: E-Eu, na verdade, eu e meus irmãos, queríamos o DNA dela... - Suspirou, temendo o choque.
Nelly: E por que queriam o DNA dela, verdura? - perguntou um tanto brava.
Et: Para experimentos.
Marlon: Que experimentos?! - Disse mais bravo ainda.
 Et: Ela tem uma beleza exuberante, perante todos os outros seres de Bela vista! Então, decidimos captura-la e criar clo..-e foi interrompida por Vladmir.
Vladmir: Pra que clones?! Em?!
Nelly: Qual é o tipo de plano de vocês?!
Et: Polinizar com alienígenas bonitos.
 Nelly: Ah! Me poupe! - Disse indignada. - Quem deu essa idéia pra você e seus irmãos?!
Marlon: Fala sério, tem que ser alguém bem sem noção. - Confirmou.
Vladmir: Vamos, me diga logo quem é que comanda isso tudo!
Et: É... É....- E sua voz parava, ela colocava a mão na cabeça, e então, sua cabeça pendia, pra frente.
 Vladmir: ótimo, ela desmaiou. -Falou bravo.
Marlon: Pra melhorar ainda mais nosso trabalho.
Nelly: Era de se esperar, colocamos numa potência bem forte os choques.


Nelly: Vou falar com seu filho, senhor Caixão.
Vladmir: Tudo bem.

 Nelly: Senhor Caixão, poderia me passar a nova localização do local.
Alexandre: Claro, detetive.
 Alexandre: E pretende ir lá quando?
Nelly: Hoje mesmo.
Alexandre: Tragam minha mãe de volta, por favor.
Nelly: Traremos, querido.
Agora, na localização correta. 

CONTINUA. 

10 comentários:

  1. Aliens espertinhos! A Laura é muito linda mesmo! Espero que eles encontrem a verdadeira! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente! Até os aliens não resistiram!

      Excluir
  2. Mas que safados esses aliens! Só a fim da polinização... huahaiahauahaa
    Esperténhos!!! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cansados dos sims híbridos nascerem sempre com aquelas mesmas caras!! HAUHAUHAUH

      Excluir
  3. Espero que não achem a Laura de Estranhópolis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Surpresa :X huahauahuah Mas o que será que os espera nesse lugar misterioso?

      Excluir
  4. Será que agora vai?! será que vão finalmente, resgatar a Laura?!

    ResponderExcluir
  5. Será que agr vai achar a Laura? Ansioso pro desfecho.q1

    ResponderExcluir

Seu comentário ajuda muito com a continuação da história!! Não deixe de comentar :)