domingo, 15 de janeiro de 2017

Casos ainda não solucionados - Espectro. - T02 - 01

 
 Os quatro estavam reunidos na sala. Thomas contava histórias inventadas por ele, misturando o que via na TV.
Thomas: Ai mãe, puf! Esse cara da TV some! - Dizia empolgado. 
Nelly: Que criativo, querido. E de onde surgiu essa idéia?- Tentava ler, enquanto conversava com o mesmo. 
Flora: Thominhas, eu quero ver TV! - Dizia meia brava, pois sua conversa à desconcentrava.

 Thomas: Ah Flor! Vou brincar então! - Se levantava e pegava um brinquedo do baú. Logo se sentando no chão.
Flora: Obrigada, Thomas.
Patrick: Bip. Bip. Bop.

 Do lado de fora, chegava Marlon, com uma mala média, e subia as escadas da casa de Nelly.
E tocava a campanhia. 
 Thomas: Vou lá ver quem é, mãe! - E guardava o brinquedo.
Nelly: Cuidado, querido.
Flora: Não quer que eu vou junto?
Thomas: Eu sei me virar, maninha! - Dizia confiante consigo mesmo.
 Thomas abria a porta e se deparava com Marlon. 
Thomas: Tio Marlon, é você! - Disse animado. 
Marlon: Oi baixinho! Vem cá me dar um abraço!
 E os dois se abraçavam. 
Marlon: E aí, como que você tá? 
Thomas: Tô bem, e você? 
Marlon: Também. Chama sua mãe pra mim? 

 Thomas: Pode deixar. - E abria a porta de novo, entrando. - OH MÃE, O TIO MARLON CHEGOU! - disse entrando.
Nelly: Vou lá ver o que ele quer! - E disse se levantando e guardando seu livro. 
Marlon: Tá bem, mãe! 

 Nelly: Oi! - E o abraçava, amigavelmente.
Marlon: Nelly! Como que você tá?!
 Nelly: Marlon, que mala é essa? - Perguntou um pouco surpresa.
Marlon: Então, o dono da casa que eu morava, me mandou pra fora! Ele vai demolir aquela casa e construir um lugar novo.
Nelly: E você pretende o que?
Marlon: Morar aqui com você!
Nelly: Só que você terá que me ajudar com despesas e pagamentos. - Suspirou.
Marlon: Tudo bem, eu te ajudo. Mas me dê moradia, por favor!
Nelly: O sofá da sala serve?!
Marlon: Perfeito! - Disse aliviado.
 Marlon: Oi pessoal!
Flora: Marlon, oi! O que faz aqui, vocês tem caso novo pra resolver?
Marlon: Não, eu vou morar aqui!
Patrick: Oi, Marlon! Bip.
Flora: Oi? - Disse sem entender nada. 

 Patrick se levantava e fazia um high-five com ele.
Marlon: Robozinho! 
Patrick: Olá! Bop. 
Marlon: Crianças, licença, que eu vou ajeitar essa sala, deixar minha cara!- E os dois corriam para dentro do quarto.
Nelly: Marlon, olha lá como você vai deixar minha sala! - Disse um pouco desconfiada. 
Patrick: Bip. Quer ajuda? 
Marlon: Quero! 
Nelly: Patrick! 

 Flora: A tia e o Marlon combinam. - Dizia aleatoriamente, enquanto pensava.
Thomas: Para de viajar, Flor! Você só diz isso porque tá apaixonadinha no Alexandre Caixão! - Disse com um pouco de ciúmes da prima.
Flora: Thomas, deixa de ser besta! Ele é meu amigo! - Retrucou um pouco envergonhada.
Thomas: Alá, as bochechas vermelhas! Você não me engana não, mana!
Flora: Vai querer dar uma de detetive que nem sua mãe? - Indagou.
Thomas: Sim! O trabalho dela é legal! - Disse pensando no jeito que sua mãe resolvia os casos, das pessoas que ligavam para ela.
Flora: Ai, ai...

 Um pouco depois. 
Nelly: Meu Deus, Marlon! Quanto poster! Quanto CD! Parece as coisas do Thomas!
Marlon: Fica fria, logo você acostuma, Nelly. - Comemorava a mudança na sala.
Nelly: Faça o favor de deixar essa sala um brinco, no dia da limpeza!
Marlon: Pode deixar!
 Marlon: Agora vou descansar um pouco, tá? Rodei a cidade toda até chegar aqui!- E ia se deitando no sofá.
Nelly: Tudo bem, bom descanso.
 Nelly preparava a janta, enquanto os dois jovens saíam do quarto. 
Flora: Que cheiro bom, tia! 
Nelly: É hambúrguer hoje, querida! 
Thomas: Aí sim, mãe!
 Nelly: Tá pronto, gente! - E ia servir a mesa.
Os quatro ficavam na sala conversando.
 Flora e Marlon eram um dos primeiros à levantarem, e ia se sentando. 
Nelly: Tão com fome, em! - Dizia pondo a mesa. 
Marlon: Claro! Tô a horas sem comer! 
Flora: Minha fome é constante, tia!
 Logo os quatro estavam à mesa, e comiam juntos a janta.
Flora: Marlon, quando você pretende assumir o romance com minha tia? - Provocava-o. 
Thomas: PARA! Sua chata! - Disse um pouco bravo. 
Marlon: Ahm.. Flora, de onde você tirou essa idéia? 

 Nelly olhava com cara de reprovação, pelo que a sobrinha tinha dito.
Marlon: Vamos parar de bobeira e comer esses lanches?
Thomas: O tio Marlon tem razão, Flora! - E voltava a comer o lanche.
 Flora: Sei lá. surgiu essa idéia na cabeça, tive que perguntar. - E dava uma mordida no lanche.
Nelly: Meio sem lógica, né? Somos colegas de trabalho, querida.
Thomas: Tá vendo! Não viaja!
Marlon: A fome deve tá te fazendo mal, come mais um pra ver se melhora! - Dizia soltando umas risadinhas, e mordendo o lanche.
Flora: Hmph. - Resmungava, com a brincadeira de Marlon, e dava mais algumas mordidas.

 Mais tarde. 
Nelly: Boa noite, Flor. Dorme bem! - E dava um beijinho na bochecha da mesma.
Flora: Boa noite, tia! - E retribuía.
Nelly: Não gostei da pergunta na hora da janta, ouviu?
Flora: Ah tia, vocês são tão bonitinhos juntos!
Thomas: Paaraaa!! - Interrompia a mesma, com certo ciúmes da mãe.
Nelly: Vem cá, filho.
E Nelly ia até o mesmo, dando um beijo em sua bochecha, também. 
Thomas: Boa noite, mamãe! 
Nelly: Boa noite, querido! 

 Nelly ia até a sala, e encontrava Marlon acordado, vendo TV.
Nelly: Boa noite, Marlon. Se alguém ligar, você atende. Os clientes ligam à qualquer hora.
Marlon: Boa noite. Pode deixar!
 Então Nelly ia pra sua cama, e dormia.
 Marlon mal conseguiu deitar no sofá e tirar pelo menos um cochilo.
 Que já teve que acordar, pois o telefone acabava de tocar.
Marlon: Alô, casa da detetive Nelly. 
???: Quem é? Preciso de uma ajuda.
Marlon: Detetive Marlon. Do que precisa?
????: Então, tô com uns problemas aqui na minha cidade e preciso que você e a detetive venham pessoalmente pra cá, pra conversamos. 
Marlon: Claro, onde cê mora? 
???: Em Estranhópolis. 
Marlon: Ok, deixa seu endereço certinho que amanhã a gente aparece aí. 
???: Ok!  Moramos na Rodovia Lugar Nenhum, 101. 
Marlon: Ah sim, obrigado. 

 No outro dia. Casa dos Silva.
 Nelly: Nossa Marlon, você estaciona muito mal!
Marlon: Na próxima você dirige!
Patrick: Na próxima eu dirijo, bop!
Nelly e Marlon, em coro: Melhor!
 Os três subiam a escada correndo, afinal estavam atrasados.
9 de Souza: Bom dia pessoal. Prazer, 9 de Souza! 
Nelly: Ah, oi, prazer, sou detetive Nelly! - Dizia um pouco surpresa, por ser um alien. 
Marlon apenas olhava para a cara da Nelly, de uma forma: "MEU DEUS! MAIS UM ALIEN!" 
Patrick:  Prazer, sou Patrick! Bop! 
9 de Souza: Qual o problema do seu amigo? 
Marlon: Ah oi, sou Marlon! 
9 de Souza: Entrem, por favor!

 Na cozinha. 
9 de Souza: Então, eu tô com problemas com uma vizinha.
Nelly: Ah sim, qual? - Perguntou.
Patrick anotava tudo no caderninho de Nelly, e Marlon prestava atenção no que ele dizia.
9 de Souza: A Olívia Espectro. Pessoas de bem e trabalhadoras andam sumindo, e ela tem um cemitério enorme, na casa dela!
Marlon: E quais tipos de pessoas de bem?
9 de Souza: Entregadores de Pizza, dedetizadores, jardineiros, etc.
Patrick: Estranho... Bop. - E continuava anotando.

 Nelly: E você sugere que ela seja o que, Senhor Silva? 
9 de Souza: Uma serial killer, sei lá, é muito estranho, o pessoal some tudo. Eu tenho até medo do meu filho sumir também! 
Marlon: E por que, senhor? 
9 de Souza: Ele namora a sobrinha dela! 
Patrick: E quem é a sobrinha dela? Bip. Bop. 
9 de Souza: Ofélia Nigma. 
Nelly: Entendi. Ela tem algum parente próximo? 
9 de Souza: Aí eu não sei. Mas talvez os Bicudo ou os Curioso à conheçam. 

CONTINUA.

8 comentários:

  1. Muito legal a nova temporada! :D Marlon e Nelly combinam! E Thomas criança está uma gracinha! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Vem muito mistérios por aí ;) O que será que espera Marlon e Nelly, em? uhauahuahuahuaha Thomas só fica mais fofinho <3

      Excluir
  2. Adorei esse primeiro capítulo! 9 de Souza é bem simpático. huahaiahauah
    Esse penteado da Nelly está lindo. E ela combina bastante com o Marlon mesmo.
    Curiosa pra ver como continua!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos um ET legal nessa série, né!!! hauahuahuah É aquele do the sims 4, ele é maravilhoso <3 A relação de Nelly com o Marlon espera bastante coisa :X

      Excluir
  3. Respostas
    1. Muuuita coisa espera a relação deles :D uahahah

      Excluir
  4. Espero que Marlon, finalmente conquiste Nelly. Parabéns Denise!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ver se ele manja das conquistas! :P uahauUAHAUA E obrigada! :) <3

      Excluir

Seu comentário ajuda muito com a continuação da história!! Não deixe de comentar :)